Magno Malta diz ter sido chamado de 'golpista' dentro de avião, em Confins - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Magno Malta diz ter sido chamado de 'golpista' dentro de avião, em Confins

Diversas 13/09/2016

O senador Magno Malta (PR-ES) foi alvo de hostilidade na conexão de um voo no Aeroporto Internacional Belo Horizonte, em Confins, na tarde desta segunda-feira (12). O político ia de Salvador a Brasília quando, durante a conexão, foi chamado de “golpista” por duas passageiras.

 Magno Malta gravou um depoimento em vídeo e divulgou no Facebook relatando a confusão dentro do avião. O senador se referiu às duas mulheres como “viúvas do PT”, se referindo ao impeachment de Dilma Rousseff (PT).

“Estão chorando porque não têm mais teta para mamar. E a Polícia Federal foi chamada por histerismo dessas mulheres lá dentro, com a sacanagem delas, com o palavreado, né? Esses esquerdistas falidos no mundo”, disse o senador.

Malta ainda falou no vídeo que quem tem que ter medo da Polícia Federal são os petistas. “Alguns já foram presos pela Polícia Federal, e o resto ainda vai. Esses perdulários, bandidos que assaltaram a vida do país”, disse.

O assessor do senador, Renato Paoliello, contou que, durante a agressão verbal, outros passageiros se incomodaram e chamaram o comandante da aeronave, que chamou a Polícia Federal. O senador, ainda segundo Paoliello, foi convidado pela companhia aérea a trocar de voo, sugestão que foi aceita. Em companhia de agentes federais, ele saiu do avião, voluntariamente, junto com as duas mulheres que ele denunciava. Malta foi realocado em outro voo para Brasília.

Paoliello ainda contou que o senador não registrou nenhum boletim de ocorrência  porque entende que o direito à manifestação e o que aconteceu foi uma manifestação por parte das duas mulheres.

O delegado da Polícia Federal Flávio Braga confirmou que agentes apenas acompanharam a saída do senador e das duas mulheres do avião. Segundo Braga, não houve retirada compulsória de nenhum deles. O senador tomou um voo para a capital federal e as mulheres, outro.

Fonte: G1

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP