Com 61 anos de história, escola de Guaraí recebe pela primeira vez projeto inovador - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Com 61 anos de história, escola de Guaraí recebe pela primeira vez projeto inovador

Jurídicas 19/02/2020
Com 61 anos de história, escola de Guaraí recebe pela primeira vez projeto inovador
Os alunos do Centro de Ensino Médio Oquerlina Torres, no município de Guaraí, participaram das atividades do projeto Justiça Cidadã, nesta terça-feira, 18/2. A programação na escola teve início com a palestra do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), desenvolvido pela Polícia Militar do Tocantins. O major PM Leandro Teixeira usou a música para motivar os estudantes a fazerem uma reflexão sobre levar os estudos a sério e a não desistirem dos seus sonhos, por maior que sejam as dificuldades. A sargento PM Maria Bonfim falou sobre o bullying e aconselhou os alunos a coibirem essa prática no ambiente escolar.
A educação digital foi outro tema de palestra durante a programação. O delegado de polícia Adriano Carrasco falou sobre crimes cibernéticos e como usar a internet, principalmente as redes sociais, de maneira responsável.
Para falar sobre a rede de proteção à criança e ao adolescente, o projeto Justiça Cidadã promoveu uma roda de conversa com representantes do sistema de Justiça. Participaram do bate-papo com os alunos o juiz da Comarca de Guaraí, Fábio Costa Gonzaga; a defensora pública Luciana Oliani Braga; a presidente da subseção da OAB de Guaraí, Marcela Félix Oliveira; e o delegado regional da Polícia Civil, Adriano Carrasco. Eles responderam perguntas dos alunos sobre como procurar seus direitos quando se sentirem prejudicados.
Concurso de Redação
O momento mais esperado pelos estudantes do CEM Oquerlina Torres foi a premiação do concurso de redação, com o tema Justiça Cidadã. Isabella Lourenço de Oliveira (1º lugar), Graciely Costa Moraes (2º lugar) e Allef Jhonsons Alves Rodrigues (3º lugar) receberam prêmio e certificado de participação das mãos do presidente do Tribunal de Justiça (TJTO), desembargador Helvécio Maia Neto, e do juiz Fábio Gonzaga. O desembargador fez questão de ir até a escola para cumprimentar e parabenizar os alunos. Ele também fez a entrega da Cartilha da Justiça aos alunos e falou da alegria de levar os serviços do Judiciário até a comunidade de Guaraí.
Para a diretora do CEM Oquerlina Torres, Priscilla Arataque Gomes Lomazzi, o concurso de redação foi motivador para os alunos. “Mas o que chamou a minha atenção nesse projeto foi trazer o Judiciário para dentro da escola. Muitos alunos da 3ª série ainda não sabem que profissão vão seguir. Então, ter a oportunidade de estar com um desembargador, um juiz, uma defensora, uma presidente da OAB, um delegado, isso é impactante para os nossos estudantes. Como gestora da unidade escolar, eu fiquei muito feliz. A comunidade ganha e os pais ficam motivados a incentivarem os filhos a continuar os estudos, a trilhar esse caminho do bem”, ressaltou.     
61 anos de história
O Centro de Ensino Médio Oquerlina Torres surgiu com o trabalho da professora Maria Noronha de Carvalho, que ministrava suas aulas em uma casa onde fazia farinha, na Fazenda Guará em 1959. Em 1964, veio morar no município a professora Oquerlina Torres, que por ser mais experiente e com mais idade, passou a ser a diretora da escola. Atualmente, o CEM conta com 284 alunos matriculados.  
Texto: Mara Roberta / Fotos: Ednan Cavalcanti
Comunicação TJTO








Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP