1ª Câmara Cível e 2ª Criminal abrem transmissão ao vivo de sessões virtuais no TJTO, que terão sustentação oral a partir do dia 16 - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

1ª Câmara Cível e 2ª Criminal abrem transmissão ao vivo de sessões virtuais no TJTO, que terão sustentação oral a partir do dia 16

Jurídicas 02/06/2020
1ª Câmara Cível e 2ª Criminal abrem transmissão ao vivo de sessões virtuais no TJTO, que terão sustentação oral a partir do dia 16
Em mais uma inovação durante o período de teletrabalho em consequência da pandemia do novo coronavírus, o Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO) realizou, nesta terça-feira (2/6),  transmissão ao vivo de sessões virtuais, que ocorreram nos julgamentos na  1ª Câmara Cível e na 2ª Câmara Criminal.
Durante a transmissão, a desembargadora Jacqueline Adorno anunciou que, nas sessões virtuais dos próximos dias 16 e 17 de junho, a novidade será a possibilidade de sustentação oral por parte dos advogados das partes. Já estão pautados, com publicação no Diário da Justiça Eletrônico (DJE), 38 processos com sustentação oral, começando no dia 16, com oito processo na 2ª Criminal, e no dia 17, com 30 processos na 1ª Cível. Todos esses processos foram retirados de julgamentos anteriores, com pedido de sustentação oral. 
A sessão desta terça marcou o encerramento da sexta pauta virtual (iniciada no último dia 26 maio) e o início da sétima na 2ª Câmara Criminal, que será finalizada no próximo dia 9 de junho. Dos 49 processos pautados para esta terça, a 2ª Câmara Criminal julgou 31, ao passo que 18 foram retirados de pauta a pedido do advogado e pela ausência justificada da relatora-revisora, em ambos os casos, a juíza Célia Regina Régis. Participaram do julgamento as desembargadoras Maysa Vendramini Rosal, Jacqueline Adorno, Etelvina Maria Sampaio Felipe e o juiz convocado Jocy Gomes de Almeida, além da secretária Sueli Cury. 
Iniciada no último dia 27 de maio e encerrada também nesta terça-feira, a sexta sessão virtual da 1ª Câmara Cível teve como julgadores os mesmos magistrados, com a ausência justificada da juíza Célia Regina Régis, e ainda a participação do secretário Adalberto Avelino de Oliveira. Do total de 463 processos pautados, 369 foram julgados e 94 retirados por ausência justificada e por pedido de vista. 
Texto: Marcelo Santos Cardoso / Foto: Rondinelli Ribeiro
Comunicação TJTO

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP