Comissão se reúne para discutir revisão do Plano de Logística Sustentável do TJTO  - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Comissão se reúne para discutir revisão do Plano de Logística Sustentável do TJTO 

Jurídicas 01/07/2020
Comissão se reúne para discutir revisão do Plano de Logística Sustentável do TJTO 
Por videoconferência, os membros da comissão gestora do Plano de Logística Sustentável (PLS), do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), juntamente com a comissão auxiliar, se reuniram nesta terça-feira (30/06), para discutir a revisão do PLS.
A presidente da comissão gestora do PLS e vice-presidente do TJTO, desembargadora Ângela Prudente, abriu a reunião agradecendo a participação de todos, em especial da juíza Lílian Bessa Olinto, diretora do Foro da Comarca de Araguaína, que passou a integrar o grupo de trabalho, como membro da Comissão Auxiliar de Revisão do Plano de Logística Sustentável.
A desembargadora, mais uma vez, ressaltou a necessidade do Poder Judiciário fomentar boas práticas de gestão sustentável. “Tendo em vista o dever constitucional de zelar pela defesa e preservação do meio ambiente, bem como promover o uso racional dos recursos financeiros”, completou. Ela explicou ainda sobre a importância da comissão auxiliar tornar o processo de revisão do PLS mais dinâmico e flexível. “De modo a garantir a participação de magistrados e servidores e possibilitar uma visão sistêmica de sustentabilidade em todas as unidades”.
Ações e resultados
Durante a reunião foram apresentados o conceito, os requisitos, os mecanismos de execução e monitoramento, os instrumentos de avaliação e consolidação dos resultados do Plano de Logística Sustentável, bem como os resultados parciais da disseminação do PLS nas comarcas, realizada durante o Projeto Justiça Cidadã. 
Por meio da aplicação de questionário, 65,4% dos magistrados e servidores informaram que gostariam de participar das tomadas de decisões e da execução de ações sobre o tema socioambiental e 85% demonstraram que o tratamento das questões ambientais, nas comarcas, é de grande importância. 
A presidente da comissão sugeriu que sejam realizadas reuniões virtuais com magistrados e servidores dos fóruns, como forma de inseri-los no processo de revisão do PLS. O juiz Pedro Nelson de Miranda Coutinho, gestor do Programa TO Sustentável, ratificou que “essa metodologia de trabalho é bastante adequada ao atual momento em que estamos vivenciando, em virtude da pandemia da Covid-19, já que não é possível visita às comarcas para coleta de sugestões”.
Após as discussões, foi aprovada metodologia de trabalho de revisão do Plano de Logística Sustentável. Também ficou estabelecido o prazo de 60 dias para apresentação à Comissão Gestora, pela Comissão Revisora, do relatório final contendo as sugestões das diretorias dos foros e dos setores administrativos.
A 4ª Reunião da Comissão Gestora do Plano de Logística Sustentável foi realizada por videoconferência, plataforma Cisco Webex, disponibilizada aos tribunais pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e contou com a participação da presidente, desembargadora Ângela Prudente, dos juízes Pedro Nelson de Miranda Coutinho e Lílian Bessa Olinto, do diretor-geral do TJTO Jonas Demóstene Ramos, dos diretores Ronilson Pereira (Administrativo), Rogério Canalli (Infraestrutura e Obras), Marcelo Leal (Tecnologia da Informação), Kézia Reis (Comunicação) e Cláudio Thomaz (Assessoria Militar), além de servidores que compõem as comissões.  
Texto: Mara Roberta
Comunicação TJTO

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP