Padrinho Nota 10 - TJTO e CGJUS assinam nesta terça acordo de cooperação com o município de Gurupi e a Instituição de Acolhimento Criança Cidadã - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Padrinho Nota 10 - TJTO e CGJUS assinam nesta terça acordo de cooperação com o município de Gurupi e a Instituição de Acolhimento Criança Cidadã

Jurídicas 12/04/2021
Padrinho Nota 10 - TJTO e CGJUS assinam nesta terça acordo de cooperação com o município de Gurupi e a Instituição de Acolhimento Criança Cidadã
O Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO, a Corregedoria-Geral da Justiça (CGJUS), o Município de Gurupi e a Instituição de Acolhimento Criança Cidadã celebram virtualmente, nesta terça-feira (13/4), às 9 horas, o Acordo de Cooperação por meio do Projeto Padrinho Nota 10, com as presenças da corregedora-geral da Justiça, desembargadora Etelvina Maria Sampaio Felipe, e Uirajane Costa Gomes Aureliano, coordenadora da instituição.
À frente da Coordenadoria da Cidadania, que desenvolve o Padrinho Nota 10, a juíza Aline Bailão também estará presente na videoconferência, ao lado ainda da procuradora-geral do Município, Celma Mendonça Milhomem Jardim, na ocasião representando o secretário municipal do Trabalho, Assistência Social e Proteção à Mulher de Gurupi, Gleydson Nato Pereira, e ainda o chefe de gabinete da CGJUS, Afonso Alves da Silva Júnior. 
Entre outros pontos, o Acordo de Cooperação tem como objetivo, estabelecer parceria entre os signatários, visando "à elaboração e o desenvolvimento de um projeto técnico-operacional de apadrinhamento, cujo propósito é proporcionar às crianças e adolescentes com vínculos familiares rompidos ou fragilizados, que se encontram em acolhimento institucional, referências afetivas, tanto familiares como comunitárias", por meio do Padrinho Nota 10. 
Cláusulas
A parceria é uma das cláusulas do acordo que prevê ainda que os signatários "se comprometem a firmar um trabalho de cooperação com a finalidade de elaborar e construir um projeto operacional referente à  parte técnica, para definição de fatores e órgãos responsáveis pela sua execução". 
E ainda a definição de critérios mínimos para o estabelecimento de proposta de apadrinhamento entre as instituições signatárias e o Grupo de Gerenciamento das Equipes Multidisciplinares (GGEM) do TJTO,  cada uma com suas atribuições, equipes técnicas para a execução do projeto, prazo de vigência, entre outras cláusulas do acordo. 
Confira a íntegra do acordo de cooperação aqui.
Texto: Rosimeire Alves Sousa
Comunicação TJTO

Fonte: Tribunal de Justiça do Estado do Tocantins

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP