Bovespa fecha em forte queda de quase 5% nesta terça-feira - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Bovespa fecha em forte queda de quase 5% nesta terça-feira

Negócios 03/02/2016

O principal índice da Bovespa recuou com força nesta terça-feira (2), interrompendo quatro altas, na esteira do viés negativo nos mercados globais, conforme os preços do petróleo voltaram a cair por preocupações com o excesso de oferta. No Brasil, a volta das atividades parlamentares também ocupou o foco, além da frustração com perspectivas e balanços de Itaú Unibanco e Cielo.

 O principal índice de ações da bolsa paulista recuou 4,87%, a 38.596 pontos. Veja a cotação.

As ações do Itaú Unibanco , com forte peso no índice, caíram mais de 8%, em meio ao resultado do quarto trimestre de 2015. O lucro anual de R$ 23,35 bilhões foi o maior da história, mas o maior banco privado do país prevê um salto acima de 40% na provisão para calotes e possível retração no crédito neste ano.

As ações da Vale também caíram com força. As preferenciais perdiam mais de 8% e as ordinárias (que dão direito a voto), mais de 7%.

Petrobras também ajudou a puxar o índice para baixo, com fortes perdas. Perto do mesmo horário, os papéis preferenciais caíam mais de 8% e os ordinários, mais de 7%.

O mercado acompanhou eventuais desdobramentos da missão anual da Moody's no país, segundo a Reuters, com representantes da agência de classificação de risco reunidos com diretores do Banco Central nesta manhã.

A agenda econômica endossava as perdas na bolsa local, após dados de produção industrial acentuarem o quadro de deterioração da atividade no Brasil ao mostrarem uma contração de 8,3% em 2015, pior resultado da história.

Na véspera, a Bovespa fechou em alta, após encerrar janeiro no vermelho, com a recuperação dos papéis de bancos privados compensando a pressão negativa das ações da Petrobras, em sessão de quadro externo desfavorável.

O principal índice de ações da bolsa avançou 0,41%, aos 40.570 pontos. Mais cedo, a Bovespa chegou a perder mais de 1,50%. No ano, a bolsa acumula perda de 6,40%.

Fonte: G1

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP