Vendas no comércio varejista tem queda de 5,9% em 2015, diz IBGE - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Vendas no comércio varejista tem queda de 5,9% em 2015, diz IBGE

Negócios 17/02/2016

 As vendas do comércio varejista potiguar fecharam o ano de 2015 com queda de 5,9%, de acordo com o levantamento divulgado nesta terça-feira (16) pelo IBGE. Esta é a primeira queda de vendas no Rio Grande do Norte desde 2005, quando o Instituto iniciou a série histórica deste dado. De acordo com a Fecomércio, a queda de 5,9% representa a perda de aproximadamente R$ 1,12 bilhão em vendas para o varejo potiguar no ano passado.

O RN teve teve a segunda menor queda do país - empatado com São Paulo e atrás apenas de Roraima - e a menor queda do Nordeste. Nos vizinhos Pernambuco e Ceará as quedas foram de 10,8% e 8,3%, respectivamente.

“Os números fechados pelo IBGE confirmam, infelizmente, as nossas expectativas. Nós já prevíamos um mês de dezembro ruim – embora o número, de 14% de queda, tenha sido ainda pior do que imaginávamos – e um fechamento de ano com queda acima dos 5%. Nós também vimos dizendo, há alguns meses, que os números do Comércio Varejista potiguar só não vinham sendo piores graças ao bom momento vivido pelo nosso turismo, que viu a taxa média de ocupação dos hotéis crescer, em média, de 20% a 30% sobre aquelas registradas em 2014. Se não fosse isso, certamente teríamos amargado uma queda ainda maior, acredito que no mesmo patamar, por exemplo de Pernambuco”, afirma o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do RN, Marcelo Fernandes de Queiroz.

A queda de 14% nas vendas em dezembro de 2015 em relação ao mesmo mês do ano anterior também foi a primeira desde 2005. Além disso, dos doze meses de 2015, em apenas três (janeiro, março e junho) houve aumento de vendas sobre o mesmo mês de 2014. Em todos os demais houve queda, sendo que a de dezembro foi a maior do ano, seguida por novembro (-12%) e setembro (-11,9%).

Setores de Móveis e Eletrodomésticos e de Supermercados puxam queda
Os setores de Móveis e eletrodomésticos e supermercados puxaram a queda nas vendas. Móveis e eletrodomésticos teve queda de 14%; hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo 2,5%; tecidos, vestuário e calçados 8,7% e combustíveis e lubrificantes 6,2%. As demais atividades com desempenho negativo foram: livros, jornais, revistas e papelaria (-10,9%); equipamentos e material de escritório, informática e comunicação (-1,7%) e outros artigos de uso pessoal e doméstico (-1,3%). Na comparação com o ano de 2014, o único setor que apresentou aumento no volume de vendas foi artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos, com 3,0% de avanço.

Somente artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos fechou 2015 com crescimento no volume de vendas (3,0%). Embora esse desempenho possa ser atribuído ao caráter essencial do uso de seus produtos, o crescimento no ano foi o mais baixo da série histórica do setor.

Fonte: G1

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP