Bovespa segue em alta, mas perde força após corte da S&P - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Bovespa segue em alta, mas perde força após corte da S&P

Negócios 18/02/2016

A Bovespa mostrava ganhos nesta quarta-feira (17), mas a alta perdeu força após a agência de risco Standard & Poors' cortar mais uma vez a nota do Brasil. Mais cedo, a bolsa mostrou ganhos de mais de 3%, novamente amparada pelo cenário externo favorável, com papéis do setor siderúrgico em destaque na ponta positiva, em sessão marcada pelo vencimento de opções sobre o Ibovespa e do índice futuro.

 Às 17h21, o principal índice de ações da bolsa subia 2,32%, aos 41.896 pontos. Veja a cotação. Mais cedo, o Ibovespa chegou a subir 3,6%.

Por volta do mesmo horário, as ações preferenciais da Vale tinham alta perto de 7% e as ordinárias, de 8%.

Já os papéis da Petrobras subiam perto de 5% nas preferenciais e 9% nas ordinárias, em meio ao avanço dos preços do petróleo.

Outro destaque eram as ações preferenciais da AES Eletropaulo, que subiam mais de 12% após o anúncio da mudança de comando na empresa.

Brasil rebaixado
A Standard and Poor's (S&P) rebaixou novamente a nota de crédito soberano do Brasil nesta quarta, mais de cinco meses após o país perder o selo de bom pagador pela agência. O rating foi cortado em um nível, passando de BB+ para BB, com perspectiva negativa.

Em setembro, o Brasil perdeu o grau de investimento pela S&P. Em dezembro, o país também ficou sem o selo de bom pagador pela agência Fitch.

O país segue com grau de investimento apenas pela Moody's, que já avisou que possivelmente vai cortar a nota do país a qualquer momento.

Cenário externo
Nos Estados Unidos, o futuro do S&P 500 tinha alta nesta quarta, refletindo o avanço dos preços do petróleo e a busca por barganhas após quedas mais fortes neste ano, segundo a Reuters.

Entre os investidores, ocupam as atenções reunião de produtores de petróleo e divulgações nos Estados Unidos, incluindo a ata da última reunião do Federal Reserve, enquanto a pauta política e notícias corporativas estão no radar doméstico.

No Brasil
Além da votação para escolha do líder do PMDB na Câmara dos Deputados prevista para a sessão, investidores também monitoram aguardada votação do projeto que desobriga a Petrobras de ser a operadora única, com participação mínima, nas áreas do pré-sal.

Ainda de acordo com a Reuters, em relação aos vencimentos de opções sobre o Ibovespa e do índice futuro, dados da BM&FBovespa mostravam que a posição líquida de estrangeiros em contratos em aberto de Ibovespa futuro estava comprada em 155.333 contratos até a véspera.

Véspera
A Bovespa fechou em alta pela terceira sessão seguida nesta terça-feira (16), após operar sem tendência definida pela manhã, dando continuidade à trajetória positiva dos últimos dois pregões, em meio ao quadro externo relativamente favorável e a notícias corporativas no radar.

O Ibovespa subiu 2,13%, a 40.947 pontos. No mês de fevereiro, a bolsa sobe 1,34%. Em 2016, o índice acumula perdas de 5,54%.

Fonte: G1

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP