Jurisprudências

ADMINISTRATIVO. SERVIDOR PÚBLICO CIVIL COMUM FEDERAL INATIVO. GRATIFICAÇÃO DE DESEMPENHO DE ATIVIDADE TÉCNICO-ADMINIS TRATIVA E DE SUPORTE. MPV Nº 304/2006 E LEI Nº 11.357/2006. APLICAÇÃO ÀS APOSENTADORIAS JÁ CONCEDIDAS. IMPOSSIBILIDADE DE PAGAMENTO EM SE

ADMINISTRATIVO. SERVIDOR PÚBLICO CIVIL COMUM FEDERAL INATIVO. GRATIFICAÇÃO DE DESEMPENHO DE ATIVIDADE TÉCNICO-ADMINIS TRATIVA E DE SUPORTE. MPV Nº 304/2006 E LEI Nº 11.357/2006. APLICAÇÃO ÀS APOSENTADORIAS CONCEDIDAS. IMPOSSIBILIDADE DE PAGAMENTO EM SEU LIMITE MÁXIMO. CARÁTER PRO LABORE FACIENDO. POSSIBILIDADE DE PAGAMENTO EM LIMITES PRÓPRIOS DO SERVIDOR PÚBLICO CIVIL COMUM FEDERAL ATIVO. CARÁTER EX FACTO OFFICII. PRINCÍPIO JURÍDICO DA ISONOMIA. PRECEDENTE DO STF. I. A gdpgtas. Gratificação de desempenho de atividade técnico- administrativa e de suporte é paga, primordialmente, ao servidor público civil comum federal ativo, em razão de determinado desempenho individual do servidor público civil comum federal ativo no exercício de cargo público efetivo e também de determinado desempenho institucional da entidade ou do órgão em cujo quadro de pessoal o cargo público efetivo se encontra lotado. Ii. Como é faticamente impossível a aferição de determinado desempenho individual do servidor público civil comum federal que, no momento da instituição da vantagem pecuniária em foco, tinha passado à inatividade que não mais, por parte deste, exercício de cargo público efetivo —, os diplomas normativos pertinentes previram que àquele e ao respectivo pensionista seria paga a gdpgtas em seu limite mínimo, e nunca em seu limite máximo de 100% (cem por cento). Iii. Contudo, deve-se destacar que, recentemente, o stf veio a destacar que os diplomas normativos supra referidos conferiram à gdata. Gratificação de desempenho de atividade técnico- administrativaontologicamente similar à gdpgtas —, vantagem pecuniária propter laborem, um duplo caráter: pro labore faciendo, de modo eminente, em razão de a pontuação variar conforme determinado desempenho individual no exercício de cargo público efetivo; e, também, ex facto officii, de modo excepcional, em razão de a pontuação ser firmada pela simples ocupação daquele. Iv. Focando a segunda situação jurídica supra descrita, o stf veio a reconhecer, em favor do servidor público civil comum federal que, no momento da instituição da vantagem pecuniária em foco, tinha passado à inatividade, e em favor do respectivo pensionista, a percepção da gdata de forma peculiar (cf. O enunciado nº 20 da súmula vinculante do stf). (TRF 2ª R.; Proc. 0026633-35.2007.4.02.5101; Oitava Turma Especializada; Rel. Des. Fed. Sergio Schwaitzer; DEJF 11/07/2012; Pág. 260)

  • A jornada complementar, por se cuidar de natureza não ordinária, exige prova inequívoca de sua ocorrência. Havendo inversão do respectivo ônus em desfavor da parte empregadora, por força da apresentação de controles de horário inservíveis... Leia mais..
  • Caracterizado que o exercício de atividade de agente comunitário de saúde expõe os laboristas a situação de insalubridade, necessária se faz a incidência do respectivo adicional, cuja base de cálculo continua a ser o salário mínimo legal.... Leia mais..
  • A legislação específica dispõe que os recolhimentos fundiários devem ser efetivados em conta individualizada e não em conta única. Além disso, cumpre ao empregador comprovar a quitação das verbas salariais. Não obstante, não tendo o ente... Leia mais..
  • Deve ser mantida a constrição judicial que induvidosamente atingiu dinheiro da emgerpi, sociedade de economia mista integrante da administração indireta, por força do disposto no art. 173, §1º, ii, da constituição federal. Regime de... Leia mais..
  • 1. O autor não tem direito a indenização por prejuízos quando existia a possibilidade de acionar a justiça do trabalho sem a assistência de advogado ou com assistência do sindicato da categoria, tendo sido sua opção a contratação de... Leia mais..
  • É irrelevante, para a caracterização da doença ocupacional, que a atividade laborativa não tenha atuado como causa única para o surgimento da enfermidade. Se a atividade do trabalhador, de alguma forma, contribuiu para o aparecimento ou... Leia mais..
© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP