Jurisprudências

PROCESSO CIVIL. AGRAVO PREVISTO NO ART. 557, § 1º, DO CPC. DECISÃO QUE NEGOU SEGUIMENTO AO APELO, NOS TERMOS DO ART. 557, CAPUT, DO CPC. PRESCRIÇÃO. SÚMULA Nº 106 DO EGRÉGIO STJ. APLICABILIDADE. AGRAVO PROVIDO. DECISÃO REFORMADA.

PROCESSO CIVIL. AGRAVO PREVISTO NO ART. 557, § 1º, DO CPC. DECISÃO QUE NEGOU SEGUIMENTO AO APELO, NOS TERMOS DO ART. 557, CAPUT, DO CPC. PRESCRIÇÃO. SÚMULA Nº 106 DO EGRÉGIO STJ. APLICABILIDADE. AGRAVO PROVIDO. DECISÃO REFORMADA. 1. "Proposta a ação no prazo fixado para o seu exercício, a demora na citação, por motivos inerentes ao mecanismo da Justiça, não justifica o acolhimento da arguição de prescrição ou decadência" (Súmula nº 106, do Egrégio STJ). 2. No caso, o débito exequendo refere-se às competências de 07/89 a 08/91 (fl. 03) e foi constituído em 10/10/91 (fl. 04), mediante CDF. Confissão de Dívida Fiscal (fl. 133), permanecendo suspensa a sua exigibilidade até 13/06/95 (fl. 132), quanto teve início a contagem do prazo prescricional de 05 (cinco) anos, previsto no artigo 174 do Código Tributário Nacional. 3. Não obstante o tempo decorrido até a citação do corresponsável WOLFGANG EBEL em 23/08/2003 (fl. 45), o feito não ficou paralisado por inércia da exequente, constando, dos autos, (1) a ordem de inclusão no polo passivo da execução dos sócios indicados na CDA em 14/09/99 (fl. 25), (2) a informação de que não constavam, dos autos, os CPFs dos referidos sócios, em 12/11/99 (fl. 24); (3) a ordem de intimação da exequente para se manifestar a respeito, em 26/04/2000 (fl. 26), cumprida em 06/09/2000 (fl. 26); (4) o pedido de suspensão do feito, em 06/09/2000 (fl. 26); (5) os pedidos de prosseguimento do feito, tendo em vista a identificação do CPF do sócio WOLFGANG EBEL e do endereço do sócio GUALTÉRIO José, e de citação dos referidos sócios, em 11/01/2001 (fl. 27); (6) a informação de que está incorreto o CPF indicado pela exequente, em 22/02/2001 (fl. 30); (7) a indicação do CPF e endereço atualizado de Wolfgang, para efetivação da citação e penhora, e o pedido de inclusão, no polo passivo da execução, do diretor Nelson DE OLIVEIRA Braga, em 22/03/2002 (fl. 35); (8) a ordem de inclusão do sócio Nelson e de citação por carta dos sócios Wolfgang e Nelson, em 26/06/2002 (fl. 40); e (9) a tentativa frustrada de citação do sócio Nelson (fl. 44). 4. Considerando que o feito executivo não ficou paralisado por inércia da exequente, mas por motivos inerentes ao mecanismo da Justiça, aplica-se, ao caso, o disposto na Súmula nº 106 do Egrégio Superior Tribunal de Justiça, não podendo prevalecer a decisão agravada, que negou seguimento ao apelo da União. 5. Agravo da União provido, para afastar o Decreto de prescrição e determinar o prosseguimento da execução, dando provimento ao apelo. (TRF 3ª R.; AL-AC 0513939-88.1996.4.03.6182; SP; Quinta Turma; Relª Desª Fed. Ramza Tartuce Gomes da Silva; Julg. 02/07/2012; DEJF 11/07/2012; Pág. 212)
    
 

  • 1. A decisão atacada, no bojo do processo administrativo disciplinar, restringiu a presença da impetrante, advogada no exercício da profissão, aos interrogatórios dos outros acusados, que não são seus constituintes. Leia mais..
  • 1. Para a aposentadoria de rurícola, a Lei exige idade mínima de 60 (sessenta) anos para o homem e 55 (cinquenta e cinco) anos para a mulher, requisito que está comprovado nos autos. 2. Presente, no caso, início razoável de prova material,... Leia mais..
  • 1. A prescrição atinge apenas as parcelas anteriores ao qüinqüênio que precede o ajuizamento da ação, na forma da Súmula nº 85/STJ. 2. Segundo a orientação jurisprudencial do Superior Tribunal de Justiça e desta corte, deve-se aplicar,... Leia mais..
  • 1. 1. O art. 6º, I, da Lei n. 10.259/2001 dispõe que só podem figurar como autores no juizado especial federal cível as pessoas físicas, as microempresas e as empresas de pequeno porte, assim definidas na Lei n. 9.317/96. 2. Tendo sido a ação... Leia mais..
  • 1. Ao juiz é defeso alterar a classificação do crime por ocasião do recebimento da denúncia. 2. Recurso provido. Leia mais..
  • Considerando que o sindicato ajuizou ação com a finalidade de buscar o cumprimento das cláusulas constantes do instrumento coletivo, visando a defesa dos direitos da categoria, resta demonstrada a sua legitimidade para ingressar com a presente... Leia mais..
© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP