Itaú Unibanco tem lucro líquido de R$5,698 bi no 4º tri - Notícias - Diligência - Credibilidade em informação jurídica

Notícias

Itaú Unibanco tem lucro líquido de R$5,698 bi no 4º tri

Negócios 02/02/2016

São Paulo - São Paulo - O Itaú Unibanco reportou lucro líquido de R$ 5,698 bilhões no quarto trimestre do ano passado, elevação de 3,22% ante o mesmo período de 2014, de R$ 5,520 bilhões.

Na comparação com os três meses imediatamente anteriores, quando a cifra somou R$ 5,945 bilhões, foi identificada retração de 4,15%.

O lucro veio em linha com a projeção de analistas do mercado. Cinco casas consultadas pelo Broadcast (BTG Pactual, Safra, Santander, UBS e uma casa que preferiu não ser identificada) projetavam resultado médio de R$ 5,610 bilhões no período de referência.

Publicidade

O Broadcast, serviço de notícias em tempo real da Agência Estado, considera que o resultado veio em linha com as estimativas do mercado quando a variação para cima ou para baixo é de até 5%.

No quarto trimestre de 2015, os destaques foram, conforme explica o Itaú em relatório que acompanha suas demonstrações financeiras, os crescimentos de 1,1% da margem financeira com clientes, de 7,9% das receitas de prestação de serviços e de 35,4% da recuperação de créditos baixados como prejuízo.

"Houve também redução de 44,2% da margem financeira com o mercado e aumentos de 6,4% das despesas de provisão para créditos de liquidação duvidosa (PDDs) e de 1,9% das despesas não decorrentes de juros", acrescenta o banco, no documento.

No ano de 2015, o lucro líquido do Itaú totalizou R$ 23,360 bilhões, aumento de 15,40% em relação aos R$ 20,242 bilhões registrados em 2014.

A carteira de crédito total do Itaú Unibanco, que inclui avais, fianças e títulos privados, fechou dezembro em R$ 585,504 bilhões, declínio de 0,9% na comparação com a cifra de setembro, de R$ 590,674 bilhões. Em um ano, quando estava em R$ 559,694 bilhões, os empréstimos cresceram de 4,6%. Se calculada com base na conversão da carteira em moeda estrangeira (dólar e moedas dos países da América Latina), foi vista estabilidade e queda de 2,9%, nesta ordem.

O Itaú Unibanco fechou dezembro com R$ 1,359 trilhão em ativos totais, montante 12,4% superior ao registrado em 12 meses, de R$ 1,209 trilhão. Na comparação com setembro, quando estavam em R$ 1,323 trilhão, o crescimento ficou em 2,8%.

O patrimônio líquido do banco chegou a R$ 106,462 bilhões no quarto trimestre, aumento de 11,1% em 12 meses e 3,0% ante os três meses anteriores. O retorno sobre o patrimônio líquido médio anualizado (ROE) foi a 22,0% no quarto trimestre contra 23,3% no terceiro. Em um ano, estava em 24,0%. No ano de 2015. Fechou estável em 23,5%.

Resultado recorrente

O Itaú anunciou também lucro líquido recorrente de R$ 5,773 bilhões no quarto trimestre, aumento de 2,0% em relação ao mesmo período do ano passado, de R$ 5,660 bilhões.

Na comparação com os três meses anteriores, quando o resultado foi de R$ 6,117 bilhões, foi registrada retração de 5,6%.

Dentre os eventos não recorrentes no quarto trimestre ante um ano, o Itaú cita, em relatório que acompanha suas demonstrações contábeis, provisão para contingências, amortização de ágio e outros.

Em 2015, o lucro líquido recorrente do banco totalizou R$ 23,832 bilhões, incremento de 15,6% em relação a 2014, quando ficou em R$ 20,619 bilhões.

A diferença se deve, conforme destaca o Itaú, pela majoração da alíquota da contribuição social (CSLL) no valor de R$ 3,988 bilhões, R$ 2,793 bilhões em PDDs, provisão para contingências e outros.

O retorno (ROE) recorrente do Itaú ficou em 22,3% ao final de dezembro contra 24,0% ao término de setembro. Em um ano, estava em 24,7%. No exercício fechado de 2015, a rentabilidade recuou 0,1 ponto porcentual, para 23,9%.

 

Fonte: Exame

© Diligência.com.br
competente, confirma , sentença, indenizar, indenização, turma, mandado de segurança, recorreu da sentença, Conselho Regional, Colegiado, desocupação , Defensoria Pública da União, DPU, Ministério Público Federal , MPF, Advocacia-Geral da União , AGU, Caixa Econômica Federal , CEF, Departamento Nacional de Infraestrutura , DNIT, Departamento de Estradas e Rodagem , DER, DNER, PFE, Data do julgamento, Publicação no diário oficial , Servidores públicos , aquisição de estabilidade, condenação, condena, condenado, recorrente , recorrido, constituição federal, aposentadoria por invalidez, AIDS, portador, cardiopatia, imposto de renda, IR, Fazenda Nacional , apelante, princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, união , agravo de instrumento, adicional de férias, polo passivo, interesse processual , processamento e julgamento, pensões e aposentadorias, pensão, aposentadoria, competência, demandante, descumprimento da obrigação, sentença penal , unânime, provimento, aposentadoria especial, tempo de serviço, tempo de contribuição, julgou procedente, autarquia , Instituto Nacional do Seguro Social , INSS, CTPS, impetrante, ajuizamento da ação, serviço especial , ANP